Telefone Atendimento

(19) 3808 2572
(19) 9 9863 3353
(19) 9 9974 2602

Encontre
seu  Imóvel

  • Qual Tipo de Negócio ?
  • Venda
  • Locação
  • Selecione uma cidade
  • AMPARO
  • MONTE ALEGRE DO SUL
  • PEDREIRA
  • PRAIA GRANDE
  • SAO PAULO
  • SERRA NEGRA
  • Qual o Tipo de Imóvel ?
  • Apartamento/Flat
  • Barracão/Galpão/Armazém
  • Casa
  • Chácara
  • Escritório/Salão/Sala Comercial
  • Fazenda/Haras/Sítio
  • Loja/Ponto Comercial
  • Outros tipos de imóvel
  • Terreno
  • Quartos
  • Indiferente
  • 0 a 2
  • 2 a 3
  • 3 a 4
  • 4 a 5
  • 5 ou mais


IMÓVEIS EM  DESTAQUE

Apartamento

2 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM SANTO ANTONIO
AMPARO-SP
Cód: AP0054

$350,000.00
Locação:$900.00

Apartamento

2 Quarto(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP
Cód: AP0053

$190,000.00

Apartamento

2 Quarto(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP
Cód: AP0056

$190,000.00

Casa Térrea

2 Quarto(s)
JARDIM SILVESTRE II
AMPARO-SP
Cód: CA00213

Locação:$850.00

Casa Térrea

2 Quarto(s)
JARDIM SILVESTRE IV 
AMPARO-SP
Cód: CA00212

Locação:$850.00

Sobrado

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
PARQUE RODRIGUES
AMPARO-SP
Cód: CA00216

$420,000.00

Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
CONSULTE-NOS PARA MAIORES INFORMACOES
AMPARO-SP
Cód: CA0033

$980,000.00

Casa Térrea

1 Sala(s) 3 Quarto(s)
PARQUE RODRIGUES
AMPARO-SP
Cód: CA00163

Locação:$1,100.00

Sobrado

3 Quarto(s)
SILVESTRE IV
AMPARO-SP
Cód: CA00211

Locação:$1,100.00

Apartamento

2 Quarto(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP
Cód: AP0058

Locação:$950.00

Terreno


VILA NOVA
AMPARO-SP
Cód: TE00100

$200,000.00

Casa Térrea

2 Quarto(s)
SILVESTRE IV
AMPARO-SP
Cód: CA00202

$170,000.00

ÚLTIMOS CADASTRADOS

$350,000.00
Locação:$900.00

Apartamento
2 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM SANTO ANTONIO
AMPARO-SP

$190,000.00

Apartamento
2 Quarto(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP

$190,000.00

Apartamento
2 Quarto(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP


Locação:$850.00

Casa Térrea
2 Quarto(s)
JARDIM SILVESTRE II
AMPARO-SP


Locação:$850.00

Casa Térrea
2 Quarto(s)
JARDIM SILVESTRE IV 
AMPARO-SP


Locação:$1,100.00

Sobrado
3 Quarto(s)
SILVESTRE IV
AMPARO-SP

NOTÍCIAS

Dólar cai a R$ 3,74 nesta sexta-feira
Na véspera, o dólar recuou 0,44%, a R$ 3,7617.  O dólar opera em leve em baixa nesta sexta-feira (22), diante do cenário externo conturbado e após atuação mais intensa do Banco Central no câmbio na véspera. Às 9h12, a moeda norte-americana caía 0,44%, a R$ 3,7458 na venda. Veja mais cotações. Na véspera, o dólar recuou 0,44%, a R$ 3,7617, após intervenção do Banco Central no mercado. Atuação do BC O mercado aguarda possível anúncio de oferta de novos contratos de swap pelo Banco Central nesta sexta. Na quinta-feira (21) a autoridade monetária vendeu, em duas operações, o total de 40 mil contratos novos de swap cambial, equivalentes a US$ 2 bilhões. Desde meados de maio, o BC tem ofertado diariamente - com apenas um dia de exceção - novos contratos de swap, em operações que tem efeito semelhante à venda de dólares no mercado futuro. Nesse período, as vendas já somam US$ 42,6 bilhões. O impacto mais claro no câmbio, entretanto, veio só a partir de 8 de junho. Foi aí que começou um programa de liquidez de US$ 24,5 bilhões em swap que durou até a sexta-feira passada (15). Para esta semana, a estimativa na autarquia é oferecer US$ 10 bilhões, dos quais US$ 3 bilhões já foram vendidos. O programa do BC aliviou a demanda por derivativos cambiais (dólar futuro e cupom cambial) no mercado, o que se traduziu em oscilações mais amenas do dólar ante o real, destaca o Valor Online. Nas últimas semanas, o dólar tem girado perto de R$ 3,70. Saiba como funciona as compras com cartão de crédito em dólar? VÍDEOS: Veja como é definido o valor do dólar e como o câmbio influencia sua vida Guerra comercial As preocupações sobre uma guerra comercial entre a China e os Estados Unidos continuam influenciando os mercados de câmbio em diversos países, afetando especialmente moedas dos emergentes. O Ministério do Comércio da China acusou os Estados Unidos de serem "caprichosos" em relação às questões comerciais bilaterais, e alertou que os interesses dos trabalhadores e produtores agrícolas norte-americanos acabarão sendo afetados. Na segunda-feira, o presidente Donald Trump ameaçou atingir US$ 200 bilhões em importações chinesas com tarifas de 10% se a China retaliar um anúncio anterior para atingir US$ 50 bilhões de em importações.
Grécia 'vira a página' após acordo com zona do euro sobre sua dívida

Acordo entre os ministros das Finanças da Zona do Euro põe fim a oito anos de crise e inclui uma última reestruturação da dívida grega. O governo grego "virou a página", após o acordo na noite de quinta-feira (22) entre os ministros das Finanças da Zona do Euro, que põe fim a oito anos de crise e inclui uma última reestruturação da dívida grega - declarou um porta-voz do governo de Atenas. "A Grécia virou a página, e sua dívida agora é viável", afirmou o porta-voz Dimitris Tzanakopoulos. "Acredito que o povo grego possa sorrir, possa respirar de novo", completou. "É uma decisão histórica", disse Tzanakopoulos à televisão estatal TV ERT. Os credores europeus da Grécia concordaram em reestruturar a elevada dívida do país e sua saída de uma odisseia de quase uma década de resgates. Continuarão atentos, porém, para vigiar o cumprimento dos compromissos. Durante uma reunião do Eurogrupo em Luxemburgo e de quase seis horas de discussões sobre a Grécia, os 19 ministros das Finanças da Zona do Euro conseguiram entrar em um acordo sobre como aliviar a dívida grega (cerca de 180% do PIB), de olho em seu retorno para os mercados a partir de 20 de agosto. Em 2010, a Grécia, que esteve perto de sair do euro cinco anos depois, não pôde continuar buscando recursos nos mercados internacionais e teve de recorrer ao financiamento de seus sócios europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI), em troca de um duro plano de austeridade. A crise financeira mundial de 2008 se transformou em uma crise da dívida no bloco europeu, que afetou especialmente os países do sul da Europa, como Grécia, Chipre, Espanha, ou Portugal. Suas consequências são sentidas até hoje. Idoso chora e é amparado em frente a agência bancária em Thessaloniki em foto de julho de 2015; saques foram limitados na época pelo governo e cartão de débito não era comum entre aposentados Sakis Mitrolidis / AFP

Cade aprova compra de operações do Walmart no Brasil pela Advent

O Walmart acertou a venda de 80% de suas operações no Brasil para um fundo da Advent. Fachada da Walmart em Encinitas, nos EUA Mike Blake/Reuters/File Photo O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a venda das operações brasileiras do grupo de varejo norte-americano Walmart para a empresa de investimentos Advent sem impor restrições, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (22). A operação foi anunciada no início do mês. O Walmart acertou a venda de 80% de suas operações no Brasil para um fundo da Advent, registrando no segundo trimestre uma perda líquida não caixa de cerca de US$ 4,5 bilhões. Em parecer, o Cade afirmou que com a aquisição de 80% do Walmart Brasil, a Advent terá "sobreposições horizontais apenas parciais ou integrações verticais" em relação às atividades da rede de varejo norte-americana. A Advent tem participação no varejo do país em uma série de redes, incluindo Restoque, de moda de alto padrão, e IMC, de restaurantes. Patrice Etlin, sócio-diretor da Advent no Brasil, disse a jornalistas no anúncio do acordo com o Walmart que o grupo investirá bilhões de reais nos próximos dois anos nas operações da rede de supermercados e que espera converter hipermercados não lucrativos em lojas de atacarejo. Atuação das empresas A Advent International informou que tem experiência de investimentos no varejo tanto no Brasil quanto internacionalmente e que desde a inauguração do escritório em São Paulo em 1997 o fundo já investiu em mais de 30 empresas brasileiras de diversos setores. No Brasil, a Advent tem participações na Dufry, Quero-Quero, Allied, IMC, Fortbras, Estácio, Easyinvest e Restoque. A empresa vendeu sua participação no Grupo Fleury em 2017. O fundo concentra investimentos em cinco setores principais: negócios e serviços financeiros; saúde; indústria; varejo, consumo e lazer; tecnologia, mídia e telecomunicações. Em nível mundial, nos últimos 28 anos, a Advent realizou 40 investimentos no segmento de varejo em 14 países. Com presença no Brasil há 22 anos, o Walmart Brasil possui atualmente 438 lojas em 18 estados, com 55 mil funcionários. Em 2017, as vendas totais da empresa somaram mais de R$ 25 bilhões. 3º maior varejista no Brasil Segundo a Euromonitor International, provedora global de inteligência estratégica de mercado, o Walmart era o maior varejista do mundo em 2017, com 3,3% de participação no mercado global, na frente da Amazon (2,4%) e Alibaba (1,3%). No Brasil, o Walmart era o 3º maior varejista, com 2,6% de participação de mercado em 2017, atrás do Grupo Pão de Açúcar (6,4%) e Carrefour (3,1%). O Brasil é o 7º maior mercado do Walmart, correspondendo a cerca de 2% das vendas globais da empresa em 2017, ficando atrás dos EUA, Reino Unido, México, Canadá, China e Japão. Tim Barrets, analista sênior da Euromonitor International, diz que o Walmart esteve presente em 28 mercados internacionais sob 59 bandeiras diferentes em 2016, uma abrangência global excepcionalmente ampla. Apenas o Carrefour chegou perto desse tipo de escala internacional para um varejista de produtos alimentícios. “No entanto, apesar da importância de novos mercados, os EUA continuam sendo a prioridade estratégica da empresa, dada a concorrência que enfrentam e sua capacidade de gerar crescimento continuamente, apesar de sua escala maciça”, observou. Ranking do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) mostrou que o Walmart ficou em 3º lugar no ranking das maiores empresas do varejo brasileiro, que levou em conta o faturamento de 2016, ficando atrás do Carrefour e Grupo Pão de Açúcar.

CRECI 74.004

Rua Rio Branco, 41
AMPARO / SP
CEP 13.904-020
Tel. +55 (19) 3808 2572
contato@feniximoveisamparo.com.br

Desenvolvido por
Sites para Imobiliaria